O que é Cadastro Positivo? Como funciona?

O que é Cadastro Positivo? Como funciona?
5/5 - (18 votes)

“Cadastro Positivo, o que eu ganho com isso?”, você pode estar se perguntando…

Assim como as pessoas que não pagam acabam na lista de inadimplentes, um consumidor honesto tem o direito de estar na lista do Cadastro Positivo.

Você sabia disso?

Como funciona o Cadastro Positivo e o que é esse cadastro?

Desde 2013, o Cadastro Positivo vem coletando dados sobre consumidores em atraso.

Embora esta questão já seja conhecida há algum tempo, ela mal foi relatada até que o Congresso aprovou a lei no início de 2019.

As novas regras entraram em vigor dia 9 de julho de 2019.

Acompanhe este artigo, que vamos deixar bem claro, quais as vantagem de se manter um “Cadastro Positivo”.

O que é Cadastro Positivo?

Na prática, Cadastro Positivo é um banco de dados de usuários (pessoas físicas e jurídicas) que pagam suas dívidas, empréstimos e outras obrigações (como contas de água, eletricidade, gás e telefone) antes das faturas vencerem.

Pode-se dizer que é uma espécie de registro com informações sobre, por exemplo, o montante total do crédito, o número e o valor das prestações e como o consumidor fez o pagamento.

Como funciona o Cadastro Positivo?

Cadastro Positivo nada mais é do que uma referência para os credores (por exemplo, bancos) verem quais pessoas ou empresas têm um bom histórico de pagamento em relação às condições de crédito.

Em outras palavras, as instituições financeiras e as cadeias de lojas identificam os consumidores que pagam tudo a tempo, o que, naturalmente, significa um menor risco de inadimplência. É como se você tivesse o “selo” de um bom pagador.

O que eu ganho com isso?

Se um banco verifica que um consumidor está registrado no Cadastro Positivo, ele pode, por exemplo, aplicar taxas de juros mais baixas na concessão de empréstimos.

Isto não é uma regra, pois o banco sempre decide se concede ou não um empréstimo, mas se você estiver na lista positiva, é mais provável que você consiga um empréstimo em condições mais favoráveis.

Bancos e outras instituições financeiras que têm um Cadastro Negativo (uma lista de pessoas cujos nomes estão em uma lista negra) hoje em dia só veem as dívidas não pagas dos consumidores, ou seja, tudo o que leva ao não pagamento.

Com Cadastro Positivo é mais fácil ver as dívidas que foram pagas a tempo pela mesma pessoa. Assim, a análise de risco é muito melhor com uma visão completa do histórico de pagamento.

Para possuirmos um parâmetro melhor do impacto da aprovação do Cadastro Positivo, uma pesquisa feita pelo Serasa, 2,5 milhões de micro, pequenas e médias empresas do Brasil terão acesso a empréstimos através do registro automático no Cadastro Positivo.

O que muda com a nova legislação?

Até que a nova lei fosse aprovada, as instituições financeiras e outras empresas (por exemplo, cadeias de varejo) tinham que obter autorização prévia dos consumidores para ter seu nome incluído na lista do Cadastro Positivo.

Com o novo regulamento, esta permissão não é mais obrigatória, o que significa que você pode armazenar seus dados no Cadastro Positivo sem ter que ir até uma agencia solicitar sua inclusão no cadastro.

As chamadas agências de crédito, especializadas em análise de crédito, são responsáveis pela construção desta “ponte” entre consumidores e instituições financeiras. Você já ouviu falar do Serasa e SPC (Serviço de Proteção ao Crédito)?

Eles são os mais importantes e mais conhecidos por realizar esta análise de crédito.

Cada consumidor tem uma “pontuação”, o que indica o risco de uma pessoa ou empresa não cumprir com suas obrigações.

Quanto maior a pontuação, maior a probabilidade de o consumidor obter crédito a um preço mais baixo.

Mas cuidado: não há uma regra única. Os bancos frequentemente usam seus próprios indicadores, além desta pontuação, para decidir se concedem um empréstimo. Para alguns produtos, tais como cartões de crédito, outras questões acabam desempenhando um papel importante.

Uma dessas seria o bom relacionamento com a instituição financeira. É o caso, por exemplo, daqueles que têm uma conta corrente com transações frequentes e que sempre pagam suas contas de antes do vencimento.

Agora que você sabe como funciona Cadastro Positivo, mantenha o bom hábito de pagar suas contas a tempo e seu nome será automaticamente adicionado à lista de bons pagadores.

Você vai gostar também: 6 Dicas para Melhorar sua Pontuação de Crédito e Aumentar suas Chances de Conseguir um Empréstimo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *